31 de mai de 2013

CABELOS LISOS!

Escova Definitiva x Escova Progressiva.


Há algum tempo os cabelos crespos e volumosos perderam a vez para os lisos e comportados. Então, os profissionais da beleza foram evoluindo vários métodos de alisamento e chegaram nas tão famosas “escovas progressivas” e “escovas definitivas”. Mas com a diversidade de alisamentos que os salões oferecem hoje, fica até difícil saber qual a diferença entre elas. Mas de fato, qual a diferença entre a Escova Progressiva e a Escova Definitiva?

Na verdade a única semelhança está no nome Escova, porque um é tratamento e o outro transformação, um é temporário e outro irreversível, então são muitas as diferenças. E hoje, eu trouxe essa explicação para que você possa entender melhor sobre essas queridinhas entre as mulheres.

Escova Definitiva:
A escova definitiva muda a estrutura do fio por meio de desestruturação com uma base química alisante, que se chama tioglicolato de monoetalonamina (amônia) e uma ou mais fontes de calor (chapa e secador) durante o processo de transformação. O produto abre todas as cutículas, depois a chapinha sela essas cutículas de maneira uniforme, deixando o fio liso e só sai conforme o cabelo vai crescendo ou se você cortar o cabelo, é como se fosse uma plástica no fio. 

Vantagens: O fio fica liso, brilhante e hidratado. Se você tem certeza que quer seu cabelo sempre liso, é a melhor opção.

Desvantagens: O preço é mais caro, entre R$ 300,00 e R$ 650. E como o nome já diz, ela é definitiva. Não tem volta, mas é necessário retocar a raiz a cada 3 ou 4 meses, dependendo da velocidade do crescimento dos fios.

Escova Progressiva:
A progressiva atua apenas sobre a superfície do fio e por isso seu efeito é temporário, é um tratamento gradativo que dá brilho, maciez, toque sedoso, reconstrução da fibra e redução de volume. O produto usado é à base de formol, queratina, silicone e proteína que interagem com a parte externa do fio de cabelo, formando um recapeamento e armazenando todos esses ativos benéficos dentro da cutícula. Com o efeito de redução de volume e controle da porosidade do fio, será um cabelo mais fácil de cuidar no dia a dia. Esse é o tratamento ideal para a mulher que não deseja alterar a estrutura de seus cabelos.

Vantagens: O fio fica liso e super sedoso e o preço é mais acessível, entre R$ 100 e R$ 300 em média. E o alisamento não é definitivo, sai por completo com as lavagens. Com o efeito de redução de volume e controle da porosidade do fio, será um cabelo mais fácil de cuidar no dia a dia.

Desvantagens: Se feito com frequência, podem ressecar os fios e dura menos tempo que a definitiva. E como fica muito tempo recoberto pelo produto, ele perde melanina e queratina, ficando ainda mais opaco e ressecado.  

Qual é menos agressiva?
Evidentemente, a progressiva, por sua ação mais superficial. Mas não se engane. Qualquer química agride o cabelo. Para evitar que os danos sejam mais graves e que o cabelo fique poroso e sem vida, prepare-se para investir em hidratações frequentes e tratamentos para a reconstrução dos fios.

Quanto tempo elas costumam durar?
A progressiva dura em média de 1 a 2 meses e a definitiva pode durar até 4 meses (mas você terá que fazer o retoque da raiz). Tudo vai depender do seu tipo de cabelo e da velocidade com que ele cresce.

Depois de muito tempo fazendo progressiva, o meu cabelo vai ficar mais liso?
Não! Quando fazemos um tratamento com certa frequência, a estrutura dos fios acaba sendo modificada e o comprimento pode até ficar mais liso, mas a raiz continua crescendo com a mesma textura. O problema é que, ao longo do tempo, eles podem ficar sobrecarregados, com um aspecto artificial, poroso e sem vida. Por isso, é importante hidratar sempre!

A progressiva funciona melhor em cabelos com tratamentos químicos?
Sim, se a ideia é deixá-los bem lisos! Isso porque outros processos químicos, como luzes, por exemplo, deixam a cutícula do cabelo aberta e isso ajuda os ativos da progressiva a penetrar mais profundamente nos fios. Em um cabelo virgem a progressiva serviria apenas para tirar volume e diminuir o frizz.

Existem produtos que ajudam a manter o efeito por mais tempo?
Sim, para o caso da progressiva sim. Produtos à base de proteínas e queratina, além de ingredientes hidratantes, ajudam a controlar o volume e mantém o brilho dos fios. Já no caso da definitiva, eles ajudam a reconstruir e tratar os fios. Mas não prolongam seu efeito.

Quem vence a batalha?
A verdade é que tudo depende do seu objetivo! Mais cara, a escova definitiva danifica menos o cabelo e deixa os fios com aspecto liso chapado para sempre. A progressiva, por sua vez, é mais barata, necessita de mais visitas ao salão, danifica mais os fios, mas deixa o liso com aspecto mais natural!

Atenção Meninas, a ANVISA proíbe o uso de formol em porcentagens maiores que 0,2% nos produtos. Fiquem atentas!!!

E você, já fez alguma das duas escovas? Qual delas você recomenda?
Conte para nós, vamos adorar saber sua opinião \o/ !
Super beijos da Keka!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário, vamos adorar saber se você gostou desse post!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...