10 de jul de 2013

Qual o tipo do seu cabelo... você já sabe?

Oi meninas,
vocês sabem identificar se os seus cabelos são normais, secos, mistos ou oleosos?

Se você já sabe como é o seu cabelo, ótimo.
Agora se você costuma ainda ficar em dúvidas cada vez que vai comprar produtos para os seus cabelos, não se preocupe e nem se acanhe, pois você faz parte de um grupo enorme de pessoas que passam pelos mesmos problemas... 



Conhecer os seus fios, é a base para todo e qualquer tratamento aos cabelos. E por isso, vamos hoje dar algumas dicas que irão facilitar e muito nas suas escolhas. Para identificar o tipo de cabelo não tem segredo, apenas exige um pouco de atenção, onde você vai começar a perceber diariamente como o seu cabelo se comporta no seu dia a dia. Por exemplo, lave seus cabelos de manhã, e a partir desse momento comece a perceber como ele fica depois de 1, 2 ou 03 dias sem lavar - pra quem for possível fazer isso, claro. 
Procure fazer essas observações por um tempo longo (uns 02 meses mais ou menos), porque se fizer em apenas 02 semanas, serão poucos dias para analisar, até mesmo pelo fato dos fios sofrerem estímulos externos num dia, que não sofrerão em outros, e isso pode fazer grandes diferenças no seu dia a dia.

Os cabeleireiros definem os cabelos em 04 tipos: normais, secos, mistos e oleosos. E se você costuma ir frequentemente ao salão, uma dica legal é perguntar diretamente ao profissional que cuida dos seus fios, qual é o seu tipo de cabelo, ele saberá te dar a resposta correta e poderá também tirar outras dúvidas que você tenha em relação aos cuidados diários. As observações diárias que você fizer também, podem inclusive ajudar os profissionais nessas horas.

Vamos agora às definições para os tipos de cabelos:

Cabelos Normais 
* são macios, sedosos e brilhantes naturalmente
* são fáceis de pentear
* estão sempre com a aparência de saudáveis
* não apresentam excessos de oleosidades - apenas o suficiente para a lubrificação natural dos fios
* não precisa ser lavado diariamente (apenas a cada 2 ou 3 dias)
* não ressecam com facilidade

Dica: os cabelos normais exigem menos cuidados com cremes e óleos especiais, mesmo assim não abuse de secador e pranchas e use sempre produtos adequados para eles.




Cabelos Secos

* possuem um aspecto seco ou ressecados desde a raiz até as pontas
* apresentam pontas quebradiças e sem vida
* na maioria das vezes seus fios são mais ásperos, sem brilho e com frizz devido a baixa produção de gordura das glândulas sebáceas, que com isso não conseguem lubricar os fios até as pontas
* possuem pouco balanço
* são mais difíceis de pentear e mais frágeis também
* são mais volumosos
* evitar lavar diariamente, para não retirar a pouca gordura que o couro cabeludo produz (ideal a cada 2 dias se possível)

Dica: Vale lembrar que, em muitos casos os fios podem ser secos naturalmente, porém há tantos outros casos, que podem ter as estruturas dos fios alteradas pelo excesso do uso de químicas como tintura, alisamento ou permanentes, uso de chapinhas e secadores e até mesmo os frequentes banhos de piscina ou mar sem a proteção nos fios, além claro da exposição ao sol. 
Por isso, nesses casos são indicados produtos com ingredientes nutritivos que tratam corretamente seus fios e os mantém hidratados, macios e bonitos.




Cabelos Mistos 
* apresentam a raiz mais oleosa e as pontas variando entre normais ou secas
* a gordura do couro cabeludo não chega até as pontas, deixando muitas vezes a extensão dos fios sem brilho e ressecados
* os cabelos longos tem uma possibilidade maior de serem mistos
* evitar lavar diariamente, mesmo que a raiz apresente um pouco mais de oleosidade, pois assim não irá retirar também a pouca gordura que estão nas extensões dos fios (ideal a cada 02 dias, se possível)

Dica: O uso de produtos químicos e outros fatores externos como secador, chapinha, poluição e poeiras por exemplo, também podem tornar a raiz mais oleosa.




Cabelos Oleosos
* apresenta uma produção excessiva de gordura pelas glândulas sebáceas
* tem aparência de cabelo pesado e sem balanço
* geralmente são fios finos e sem volume
* possui um brilho excessivo na raiz, devido a oleosidade
* tem uma possibilidade maior do surgimento de caspas
* dependendo do caso, mesmo lavando pela manhã, a noite já é possível notar que os fios estão engordurados
* lavar se possível em dias intercalados, dia sim e dia não. Se realmente for necessário lavar diariamente, procure usar água morna para fria, pois a água quente no couro cabeludo, faz aumentar a oleosidade.

Dica: Além da hereditariedade, as causas da oleosidade podem estar relacionadas também a má alimentação e a outros fatores externos como por exemplo, exposição a ambientes quentes, com alto teor de gordura, poluição, alterações emocionais, sol excessivo e claro, aos banhos com água quente.

Gente, um erro que também cometi:
Há muito tempo atrás, eu achava que meu cabelo fosse misto e cuidava dele com produtos para esses fins, porque lavava dia sim e outro não e percebia minha raiz ficava levemente oleosa e as pontas mais secas. Como eu não costumo frequentar o mesmo salão, e queria saber se eu estava certa, comecei e perguntar para os todos os profissionais por onde eu passava, e todos com a maior certeza definiram meu cabelo como normal. De lá pra cá então, venho comprando os produtos corretos e isso ajudou muito nos meus fios, pois hoje posso tranquilamente ficar 02 ou 03 dias sem lavar meu cabelo e lavar apenas no 3º dia a noite por exemplo - mas bem raramente faço isso rsrsrs, continuo lavando dia sim e outro não - mas fico feliz em saber que contribuí com o meu cabelo e que ele me permite lavar menos vezes se assim eu preferir.

Então meninas, essas são as dicas para hoje. Espero que gostem e que aproveitem muito... Esperamos sempre ajudar ao máximo todas as nossas leitoras :)

Beijinhos, Karine.

2 comentários:

  1. Olá, adorei as dicas, o meu cabelo com certeza é oleoso, o problema é achar o produto certo, já testei vários mas ainda não achei um bom. bjs
    http://desejoserperfeita.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kati,
      primeiramente agradecemos a sua visitinha e sua participação :)

      Então, sei como é difícil encontrar um produto bom e que dê os resultados esperados, mesmo meu cabelo sendo normal, já tive muitos problemas e com marcas diversas...

      No seu caso por exemplo, tente conversar com o profissional que cuida dos seus fios, veja se ele tem alguma produto que seja realmente bom, que dê resultados, se ele pode te indicar marcas, produtos... Outra dica legal é usar um shampoo adstringente, ele não retira por completo a oleosidade, mas ameniza bastante. Independente do tipo de cabelo, todos devem usar o shampoo adstringente de tempo em tempo, o que muda é frequência de uso, que deve ser de acordo com cada tipo de cabelo. O cabeleireiro e/ou o vendedor onde você comprar saberá dizer com que frequência usar :)

      Agora se tudo isso você já fez e não resolveu, tem ainda a opção de procurar um dermatologista. Ele faz exames mais profundos e consegue saber o porquê do excesso de oleosidade.

      Esperamos ter ajudado!
      Continue sempre participando, vamos adorar trocar ideias \o/

      Ahhhhh, adorei seu blog :)

      Beijinhos, Karine.

      Excluir

Deixe aqui seu comentário, vamos adorar saber se você gostou desse post!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...